Início | Mapa | Links | Contactos
 
  Destaque  
Sugestão de apresentação
BOAS FESTAS 2016
 
  Apoios  
 
apoios apoios
 
 
 
  Património / Festas Religiosas  
     
 

Festa de Nossa Senhora da Assunção...................................15 de Agosto

Festa de São Gens......................................................................3º domingo de Agosto

Festa de Santa Eufêmia.............................................................15, 16 e 17 de Setembro

Festa de Nossa Senhora do Rosário......................................7 de Outubro

Festa da Imaculada Conceição................................................8 de Dezembro

Festa de Santa Luzia...................................................................13 de Dezembro

Festa de S. João Evangelista....................................................27 de Dezembro

Festa de S. Sebastião................................................................20 de Janeiro

Festa de S. José..........................................................................19 de Março

Festa de Santo Cristo.................................................................Sexta-Feira Santa

Festa do Espírito Santo..............................................................Pentecostes

Festa de Nossa Senhora de Fátima.......................................13 de Agosto

Festas de Santo António............................................................13 de Junho

Festa de São João Baptista.......................................................24 de Junho

Nossa Senhora da Assunção Nossa Senhora da Conceição

                   (Nossa Senhora da Assunção)                                              (Nossa Senhora da Conceição)

Nossa Senhora do Rosário  Nossa Senhora do Rosário de Fátima

                    (Nossa Senhora do Rosário)                                             (Nossa Senhora do Rosário de Fátima)

 S. Luzia   S. João Baptista

                                          (Santa Luzia)                                                                      (São João Baptista)

Sagrado coração de Jesus  S. José

                (Sagrado Coração de Jesus)                                                                              (S. José)

S. João Santa Eufemia

                               (S. João Evangelista)                                                                      (Santa Eufêmia)






------------------------------------------------------------------- BAÚ DA MEMÓRIA --------------------------------------------------------

A Festa de Santa Eufêmia de Quadrazais

Como eu andei na Escola Primária de Quadrazais, nos anos 30 do século XX, durante quatro anos (da 1.ª à 4.ª Classe), resolvi escrever alguns artigos sobre essa freguesia.O primeiro desses artigos é sobre a festa de Santa Eufémia, de antigamente.

Em Quadrazais eu era conhecido pelo Génio Soitenho, porque na escola havia mais dois Eugénios. Os dois quadrazenhos, com o meu nome eram o Génio Perdigão e o Génio Rabito.

Julgo que a festa de Santa Eufémia era a melhor festa que havia no concelho de Sabugal, na época.

A festa começava no dia 15 de Setembro e terminava no dia 17 do mesmo mês. O dia principal da festa era o dia 16.

No dia 14 chegavam os vendedores de vinho, a armar as barracas, feitas com panos. Alguns eram da Miuzela e outros do Casteleiro, terras de bom vinho. Também havia alguns vendedores de vinho que eram de Quadrazais.

Vinha gente de várias terras do concelho e, até, espanhóis de Valverde, das Eljas e de San Martin, para participarem na festa.

O fogueteiro chegava no dia 15 para montar o fogo-de-artifício (ou preso), espectáculo de que Quadrazais era, na época, a única terra onde tal acontecia.

Um dos fogueteiros que eu conheci era de Alpedrinha e chamava-se o Ti Cacheno.

A banda de música chegava, também, no dia 15 e dormia
em Quadrazais. No dia da chegada tocava no coreto, à noite.

Lembro-me de três bandas que vieram a Quadrazais, nessa época: a de Aldeia de Matos, a de Cogula (Trancoso) e a de Peroviseu (Fundão). Os rapazes iam, sempre, esperar a música, para lá do cemitério.

Em 1939 foi mordomo da festa o sr. Mário Salada e, como de costume, os rapazes foram esperar a música. Apareceu a banda de Parada (próximo da Cerdeira) que vinha a cavalo em burros e a pé. Dirigiram-se ao mordomo que não os aceitou, alegando que mandou um telegrama na véspera para anular a contratação. Os músicos ficaram tristes e disseram que não receberam telegrama nenhum.

Daí a um quarto de hora apareceu a banda de Peroviseu (que vinha numa camioneta de passageiros) e, então deitaram foguetes. A banda da Parada andou todo o dia pelo arraial, sem tocar.

Como em Quadrazais não existia posto da Guarda Republicana, e devido à grandeza da festa, era montado um posto provisório da G. N. R., que ficava instalado nas Escolas antigas (que eram do século XIX), desactivadas à época.

O dia 15 era muito alegre, com a banda a tocar no coreto e o fogo-de-artifício.

No dia 16 era a festa, com a procissão. Juntava-se muita gente de fora de Quadrazais. Muitas dessas pessoas vinham cumprir promessas, andavam de joelhos ou descalças, fazendo sacrifícios. Algumas vestiam-se de branco, para praticarem esses actos.

Na manhã desse dia apareciam os vendedores das melancias, que eram de Belmonte e de Caria. Tinham muita fama, as melancias da festa de Santa Eufémia.

Também não faltavam as “amendoeiras” que eram do Sabugal e uma do Soito.

Quando a festa terminava, à tarde, os forasteiros compravam as melancias para levar para as suas terras. Também compravam algum brinquedo para levar para os filhos mais pequenos.

O pároco de Quadrazais, nestes tempos, era o Padre Salcedas, que foi transferido para outra paróquia, tendo sido substituído pelo Padre Jorge. O Padre Jorge esteve pouco tempo em Quadrazais, tendo sido substituído pelo Padre Manuel Correia, de Rendo.

No dia 17 de Setembro realizava-se a tourada, no Largo do Vale. Uns anos atrás, a tourada era no próprio dia da festa (dia 16). O Bispo da Guarda, D. Tomás, proibiu, no entanto, as touradas nos dias das festas. Por isso, a tourada, em Quadrazais passou a realizar-se no dia 17 de Setembro.

Durante o tempo em que eu vivi em Quadrazais não se realizava a procissão que, hoje, acontece à noite. Apenas se realizava a procissão de dia.

A festa era toda realizada no local onde se encontra a capela de Santa Eufémia.


Data : 2010-04-05
Autor : Eugénio dos Santos Duarte
Tradutor :

 

 
 
Copyright © Quadrazais 2005 - 2016. Reprodução proibida sem autorização.Design and programming By Marco Balsinha
  Actualizado2017-05-09